Curso de Formação em Medicina Antroposófica

ABMA

O Curso de Formação em Medicina Antroposófica, organizado pela Associação Brasileira de Medicina Antroposófica Regional Rio de Janeiro (ABMA-RJ), é um curso de capacitação pedagógica que almeja trabalhar os conceitos que fundamentam a Medicina ampliada pela antroposofia e que servem de alicerce à sua prática.

O objetivo do Curso Básico de Antroposofia como pré-requisito é familiarizar o médico/odontólogo com os conceitos teóricos da Antroposofia, e prover as bases para que ele possa compreender e tratar a doença considerando as suas dimensões corpóreas, anímicas e espirituais.

Na formação para os profissionais médicos uma atenção especial é dada ao estímulo e à prática do caminho de desenvolvimento ético, social e espiritual do profissional. Apresentando a meta constante da Dr. Ita Wegman e de Rudolf Steiner “Renovar a antiga essência dos mistérios e fazê-la fluir para a medicina”; “complementar o que havia na compreensão dos processos da doença e da cura com o que pode fluir de um verdadeiro conhecimento do espírito”; “reconhecendo plenamente os princípios da medicina que trabalha os métodos científicos reconhecidos atualmente, o conteúdo a ser colocado em prática pela Medicina Antroposófica, só deve ser colocado em prática, na arte médica ampliada, por médicos plenamente qualificados no princípios científicos”. GA 27.

O curso visa:

  • Introdução à antropologia, fisiologia, patologia, diagnóstico, e terapêutica do ponto de vista da MA.
  • Conhecimento e habilidade para estabelecer uma relação médico-paciente baseada na confiança e na autonomia.
  • Oportunidades de auto-desenvolvimento e reflexão.
  • Aprender a pesquisar a bibliografia sobre a pesquisa médica antroposófica atual.
  • Estímulo para o desenvolvimento individual do seu próprio estudo e pesquisa.

Público Alvo

Alunos Médicos, acadêmicos de medicina e médicos veterinários, aberto também a odontólogos e acadêmicos de odontologia. (Pré-requisito: Curso Básico de Antroposofia)


Atenção

A Formação de turma em cada área está sujeita ao número mínimo de alunos.


Ambulatórios

1) Ambulatório ABMA-SP e Ambulatório Social Casa de Serviço Rafaélico

Os alunos do Curso de Formação em Medicina Antroposófica da ABMA-RJ poderão realizar estágio em São Paulo, no Ambulatório da Casa de Rudolf Steiner (ABMA-SP) e no Ambulatório Social Casa de Serviço Rafaélico.

Para tal o trâmite de agendamento em SP deverá ser feito através da ABMA-RJ para marcação com os respectivos ambulatórios a fim de contabilizar as horas realizadas.


Objetivos

Alunos médicos, em formação, serão capacitados ao pensar médico dentro da mentalidade da Medicina Ampliada pela Antroposofia; elaborar a fisiologia, a patologia, o diagnóstico, tratamento e pesquisas médicas ampliadas pela Antroposofia.

Desenvolver o caminho interior do médico e atualização na abordagem, a congregação, fortalecendo a comunidade terapêutica dentro da Antroposofia, bem como o e aprofundamento interior através das práticas meditativas de indicação de Steiner.


Metodologia

São nove módulos teórico práticos, sendo destes, 2 intensivos com carga horaria maior. Os módulos acontecerão durante um final de semana por mês.

As aulas teóricas a principio apenas on-line, quando possível retornaremos ao modo presencial, com apostilas ou referências bibliográficas que estarão sendo disponibilizadas para aquisição durante os módulos. As principais referências já se encontram divulgadas aqui.

Aulas Teóricas, on-line e presenciais.


Conteúdo Programático

Módulos final de semana

Polaridades: Sangue e nervo. O impulso sulfúrico e o silícico. Módulo introdutório para o curso de Formação em Medicina Antroposófica, tem como objetivo introduzir a visão geral do funcionamento do organismo humano sob o ponto de vista da Medicina Antroposófica. Como o organismo humano é estruturado a partir do ponto de vista do impulso sulfúrico e silícico. Distribuição espacial da estrutura ternária do ser humano:

Vida (SMM), movimento (SR), consciência (SNS). Os Quatro órgãos – I. Coração e figado. Descrição dos processos fisiológicos do ponto de vista goetheanistico e também da ciência espiritual. Tem por meta habilitar o médico a relacionar o órgão com o comportamento humano. Permite diagnóstico e terapia do ponto de vista orgânico. Os Quatro órgãos – II. Continuação. Rim e pulmão. Alimentação e transtornos digestivos.

Doenças típicas da infância:

a. Infecções;
b. Alergias;
c. Transtornos do desenvolvimento.

Doenças típicas do adulto:
a. Inflamação crônica;
b. Autoimune;
c. Oncologia.

Doenças típicas do idoso:
a. Reumatismo: Discopatias, Insuficiências vasculares, AVC, Parkinson;
b. Demências: Vasculares e Alzheimer;
c. O paciente terminal.

Intensivos
Os sete metais (A metalidade, suas relações e o desenvolvimento do ser humano) e suas indicações. Quadros patológicos específicos: Tiróide – Diabete – Patologias ginecológicas – Hipertensão – Transtornos do sono – Transtornos de ansiedade – Síndrome do pânico – Depressão.


Docentes

Turmas

Requisitos

Participação

Alunos médicos devem ter participado do primeiro ano, Curso de Antroposofia para Profissionais da Área da Saúde.


Certificação

Para obter o Certificado de Formação em Medicina Antroposófica, após os dois anos de cursos (dias fases) o aluno deve demonstrar:

  • Frequência: 75% de participação em cada módulo de final de semana nas fases 1 e 2, e 100% de participação nos intensivos das fases 1 e 2.
  • Estágios práticos: mínimo de 250* horas, sendo que 50* horas precisarão obrigatoriamente ser cumpridas em atividade ambulatorial – atendimento clínico em ambulatórios administrados pelas ABMA-regionais ou em acompanhamento de atendimento clínico efetuado por colegas médicos antroposóficos em suas clínicas privadas. As 200* horas restantes poderão também ser cumpridas em atividade ambulatorial e/ou participação em grupos de estudos para casos clínicos, discussão de medicações ou outras terapias antroposóficas, reconhecidos pela CE-regional, e/ou de participação em eventos de MA promovidos pela ABMA-nacional ou ABMA-regionais, tais como cursos, simpósios ou congressos. As atividades ambulatoriais e em grupos de estudo deverão ser supervisionadas por médicos antroposóficos certificados. Em relação às atividades ambulatoriais solicita-se ainda o registro de frequência em folha assinada pelo supervisor que deverá ser devidamente arquivada nas ABMA-regionais. (* 1hora = 45min)
  • Atividades programadas: estudo independente
  • Relato de três casos clínicos.
  • Projeto de trabalho de conclusão de curso (TCC): Um ou até três trabalhos devem ser escritos e não devem exceder 15 páginas no total. O tópico está relacionado à Medicina Antroposófica e à atual formação médica antroposófica do formando.
  • Avaliação final

Materiais

TCC - Trabalho de Conclusão de Curso

Download

Local

Módulos final de semana:
Cenáculo - Rua Pereira da Silva 135 - Laranjeiras
Rio de Janeiro – RJ , CEP 22221-140, Brasil